Transgala | Soluções em Mobilidade Corporativa

Como transportar suas bagagens de forma correta

A bagagem é certamente um dos maiores problemas de logística para quem viaja, já que é algo que depende de muitos fatores, como o tempo de viagem, o clima do destino, e as necessidades pessoais de cada um!

Além disso, é preciso estar atento ao excesso de bagagem, já que existem legislações que estipulam o limite de bagagem de acordo com o veículo e exceder esse limite pode gerar multas!

Confira neste artigo como transportar suas bagagens de forma correta em diferentes veículos e evite dores de cabeça!

  • Carros

É ilegal levar bagagem soltas no banco traseiro principalmente quando não estão presas, elas não devem ultrapassar a altura do banco traseiro, pois isso pode atrapalhar a visão do mesmo, o que pode levar a uma multa por direção perigosa, incluindo até 5 pontos na carteira.

O ideal é, na verdade, deixar as malas no porta-malas, já que é perigoso transportar malas e objetos soltos dentro do carro, deixando eles livres para se moverem e atrapalharem a direção do motorista!

Os carros também precisam se atentar ao peso das bagagens, já que peso fora do limite esperado pode contribuir para um acidente, caso o veículo freie de maneira brusca. O peso dos passageiros mais o peso das bagagens é o cálculo feito para descobrir se o limite foi excedido ou não e cada veículo tem um limite de peso que se encontra no manual!

O bagageiro de teto também possui normas, que além do limite de peso, a bagagem não pode exceder 50 cm de altura e é preciso atenção redobrada ao prender a bagagem ali, pois caso ela se solte e caia na pista, é considerada uma infração gravíssima.

  • Vans

Vai viajar e sua bagagem vai exceder o limite do carro? A van é a opção mais conveniente no quesito preço, conforto e segurança!

A média de lugares dentro da van é de 14 pessoas para viagens curtas e sem bagagem, enquanto esse número cai para 10 pessoas quando os passageiros levam bagagens. Isso acontece porque a van não possui porta-malas, e para fazer o transporte de bagagens, os quatro últimos bancos são reservados para guardá-las adequadamente.

Não é possível que cada passageiro carregue sua própria mala dentro da van, pois isso é perigoso e pode ser considerado uma infração, e além disso, é importante que a van comporte os passageiros sentados e de cinto de segurança, já que transportá-los em pé também é um infração passível de multa!

  • Ônibus

De acordo com a ANTT, as empresas são obrigadas a levar, gratuitamente, as bagagens de passageiros embarcados, obedecendo os limites de 30 kg e até 1 metro de dimensão para o bagageiro e 5 kg no porta-embrulho!

As bagagens que excedem o peso ainda podem ser levadas, sob o pagamento da multa: 0,5% do preço da passagem para cada quilo excedido.

Além disso, as empresas de transporte são responsáveis por bagagens dentro do bagageiro e no momento de guardar as malas, o passageiro deve receber um comprovante. Em caso de extravio ou dano, a empresa é responsável pela indenização, que é feita baseada na tarifa de serviço convencional.

  • Avião

Os aviões são um meio de transporte naturalmente burocrático, já que o excesso de peso representa o risco de acidentes de proporções gigantescas. Por isso, ao planejar sua viagem de avião, esteja preparado e pense com antecedência na sua bagagem!

Voos domésticos exigem que as medidas máximas da bagagem, incluindo alças, rodas e bolsos, sejam de 35 cm de comprimento, 25 cm de largura, 55 cm de altura, além de ter no máximo 10 kg! Esse peso pode variar para voos internacionais, dependendo da companhia aérea, mas as medidas costumam ser as mesmas. Em caso de excesso, a empresa pode exigir que a mala seja despachada, o que gerará um custo extra.

Veja o que está acontecendo no setor de transporte e confira mais dicas como esta na nossa página de notícias!

WhatsApp
Facebook
X
LinkedIn

Deixe um comentário

plugins premium WordPress

Orçamento