Transgala | Soluções em Mobilidade Corporativa

Impacto da LGPD nas empresas de transporte e logística

A Lei Geral de Proteção de Dados — a LGPD — busca trazer organização e critérios para as empresas que lidam diariamente com dados pessoais, sejam eles obtidos física ou digitalmente, garantindo o uso correto e a proteção de clientes, fornecedores e outros envolvidos nas transações de uma empresa.

Na área de logística, contudo, a LGPD têm um papel fundamental para oferecer mais segurança a quem precisa desse apoio.

O Impacto da LGPD nas empresas de Transporte e Logística!

A logística é diretamente impactada pela LGPD, pois a troca de dados neste setor é muito grande, o que o torna bastante suscetível a ataques cibernéticos, levando ao risco de vazamentos, roubo de dados, acesso de pessoas não-autorizadas entre outros problemas que podem comprometer a segurança desses dados.

Transações entre fornecedores e clientes, transporte de carga e pessoas, armazenamento e distribuição, até mesmo o controle de estoque estão entre os procedimentos que utilizam muitos dados pessoais, como CPF, RG, inclusive endereços!

Foi pensando na proteção desses dados que a LGPD criou a regulamentação deles e as penalidades para empresas que não cumprirem com o acordo da lei!

A adequação à LGPD é crucial para garantir transporte de segurança e qualidade, por isso, atente-se a alguns pontos na hora de escolher o seu fornecedor de transporte!

1.Gestores cientes e organizados.

Uma empresa de transporte possui muitos gestores para os diferentes setores e é importante que todas as partes responsáveis pelo funcionamento da logística estejam cientes da LGPD e de como ela funciona. Um gestor que não entende da LGPD será incapaz de garantir um serviço de qualidade e de assegurar que a lei está sendo respeitada dentro da empresa!

2.Mapeamento das informações.

O melhor sinal de que a LGPD está sendo implementada corretamente é a organização e mapeamento das informações recebidas e isso é notável através das transações entre o cliente e a empresa! Quando a empresa demora muito para lidar com cadastros ou quando ele pede, mais de uma vez, por dados pessoais, por exemplo, é um sinal de que o sistema dela não está organizado e provavelmente em risco!

3.Proteções online e offline.

É comum, hoje em dia, que as empresas estejam cada vez mais digitais, contudo, mesmo quando este não é o caso, é importante questionar como estão as medidas de proteção de dados online e offline, afinal, empresas de transporte podem pedir cópias de documentos físicos e esses dados também são protegidos pela LGPD.

Senhas fortes, sistemas criptografados e programas de antivírus são as medidas mais comuns para os dados online, enquanto os dados offline devem ser arquivados de forma organizada em espaços fora do acesso de quem não é autorizado a mexer com essa papelada!

A TRANSGALA é uma empresa dedicada a seguir as normas da LGPD e aplica diversos mecanismos para estar nos conformes da lei, podendo oferecer serviços de logística de  qualidade.

Saiba mais notícias sobre o setor de transporte empresarial no site!

WhatsApp
Facebook
X
LinkedIn

Deixe um comentário

plugins premium WordPress

Orçamento